Ideias de viagens bate-volta perto de Colônia e Dusseldorf

Por Daniel Courtouke

Jornalista formado e jogador de futebol frustrado, Daniel Courtouke dá seus pitacos e dicas no Viagem 0800 sobre as viagens que fez. Como bom pão duro que é, procura sempre mostrar os atalhos mais econômicos das viagens que faz.

Se você está em busca de ideias de viagem para fazer um bate-volta perto de Colônia ou Dusseldorf, este guia é pra você! Aqui, reunimos dicas do que fazer nessas cidades e mostramos qual é o tempo de viagem entre elas.

A nossa escolha foi baseada em um limite de 2h30 de viagem de trem desde o ponto de partida; ou seja: na maioria das vezes sai ainda mais rápido se a viagem for feita de carro ou até mesmo de ônibus – aliás, escrevemos um post sobre como é viajar de ônibus pela Europa, para você ter uma ideia de como é a experiência.

No final do artigo, porém, você encontra outras ideias de bate-voltas mais intensos, mas que dependendo do fôlego do grupo (e da disposição para levantar cedo) ainda podem ser feitos em um dia.

Essas ideias de viagem podem também ser uma base para um roteiro por mais cidades ou para viagens de final de semana. Se o destino for legal para sair à noite, talvez valha a pena reservar uma acomodação – e, neste caso, não se esqueça de comparar os preços de hotéis!

E ah! Se você ainda não conhece Dusseldorf ou Colônia, elas devem ser as suas primeiras na lista!

Faça um bate-volta ainda na Alemanha

Bom, aqui a lista é grande. A Alemanha tem as melhores auto estradas da Europa e em muitos pontos não há limite de velocidade. E, além disso, como os trens regionais são uma boa maneira de baratear as viagens sem carro, dá pra ir um pouco mais longe ainda nesse limite de mais ou menos duas horas para o trajeto de ida. Veja só os 13 destinos que sugerimos:

1- Kettwig: o vilarejo que parece de mentira

https://www.instagram.com/p/voXu7poRqp/?utm_source=ig_share_sheet&igshid=12m15rh8oqfsj

Kettwig é um bairro de Essen, na verdade, mas como fica bem afastado e tem uma pegada de vilarejo, acaba sendo um passeio totalmente diferente. O lugar parece ter saído de algum algum cenário de livro antigo, com suas ruelas estreitas e casas tradicionais com paredes feitas de telhas. Já falamos sobre ele aqui no blog em nossa rota de cidades inusitadas pela Europa.

Tempo de viagem:

  • Colônia – Kettwig: 1h30 de trem regional ou 55 min de carro
  • Dusseldorf – Kettwig: 35 min de trem regional ou 33 min de carro

2- Castelo medieval em Sollingen

vista do alto do Burg Sollingen

Existem duas coisas impressionantes em Sollingen: uma é a ponte de ferro que fica a mais de cem metros acima do nível da terra e que corta uma parte da cidade (sim, trens ainda passam ali por cima).

A outra atração é o Burg Sollingen, um feudo medieval que fica cravado numa montanha e pode ser visitado de teleférico (mas não se preocupe, carros e ônibus também chegam lá!). Dentro da cidade murada existe ainda um castelo!

Tempo de viagem:

  • Colônia – Sollingen: 1h57 de trem ou 36 min de carro
  • Dusseldorf – Sollingen: 2h de trem ou 46 min de carro

3- Koblenz: a esquina da Alemanha

deutsches eck em koblenz visto de cima

Koblenz é uma das nossa queridinhas aqui nesses lados do país. A cidade, conhecida como a esquina da Alemanha, é antiga, histórica e simpática. O lugar era um importante ponto de navegação e já esteve sob disputa – o que teve de francês por ali não foi brincadeira -, o que levou à construção do segundo maior Forte da Europa, onde é possível chegar com um lindo passeio de teleférico.

Tempo de viagem:

  • Colônia – Koblenz: 59 min de trem ou 1h10 de carro
  • Dusseldorf – Koblenz: 1h24 de trem ou 1h35 de carro

4- Dortmund, para os loucos por futebol

torcida do borussia dortmund com bandeiras no westfalen stadion

Dortmund é o lugar ideal para os loucos por futebol: lá tem o estádio do Borussia Dortmund, onde você pode fazer um tour ou assistir a uma partida se tiver sorte, além do museu do futebol, que é um prédio gigante com detalhes riquíssimos do esporte bretão que poderia muito bem ser alemão.

Tempo de viagem:

  • Colônia – Dortmund: 1h27 min de trem ou 1h18 de carro
  • Dusseldorf – Dortmund: 53 min de trem ou 1h de carro

5 – Essen: a cidade das compras

centro da cidade de essen, uma boa ideia de bate volta saindo de dusseldorf ou colônia

Essen é conhecida como a cidade das compras – Die Einkaufstadt, em bom e impronunciável alemão. Lá ficam lojas que não se encontram em todas cidades da Alemanha e versões ainda maiores das lojas mais conhecidas e populares que você encontra em outros lugares. Existe uma versão gigante da Primark, TK Max, entre outras. Como o centro da cidade é um calçadão gigantesco, vale a pena ir não só pelas compras, mas também pelas diversas opções gastronômicas.

Tempo de viagem:

  • Colônia – Essen: 55 min de trem ou 55 min de carro
  • Dusseldorf – Essen: 29 min de trem ou 35 min de carro

6- Xanten: o passado romano escondido na Alemanha

moinho de vento tradicional na cidade de Xanten, na Alemanha

Xanten tem um passado romano e se orgulha muito disso. A cidade tem uma arena à la coliseu e o LVR Romer Museum, que faz parte de um parque arqueológico do município gigantesco que ainda conta com reconstruções romanas em tamanho real.

Além disso, como fica próxima da Holanda (que é a terra do ventania) é fácil se deparar com moinhos de vento a cada passo.

Tempo de viagem:

  • Colônia – Xanten: 2h08 de trem ou 1h10 de carro
  • Dusseldorf – Xanten: 1h30 de trem ou 55 min de carro

7- Kleve: onde moramos de frente para um castelo

https://www.instagram.com/p/vp5VRIIRl9/?utm_source=ig_share_sheet&igshid=1486motckeax1

Não é pelo fato de termos morado lá, mas Kleve é um pouco subestimada por essas bandas da Alemanha. Além de um castelo em pleno centro coladinho num calçadão inclinado e quilométrico, a cidade ainda tem um parque fora de série, o Forstgarten, que possui uma vista digna de jardim real.

Tempo de viagem:

  • Colônia – Kleve: 2h30 de trem ou 1h22 de carro
  • Dusseldorf – Kleve: 1h30 de trem ou 1h10 de carro

8- Cochem, a cidade do castelo e festival medieval

vista do alto da cidade de Cochem para o rio mosel

Nós fizemos um bate-volta em Cochem em agosto de 2018 em um festival medieval no castelo da cidade, que fica cravado num morro rodeado de parreirais. Ou seja: a pedida perfeita para um passeio romântico ou para os instagramers de plantão. A paisagem em volta e o próprio castelo valem muito a pena, sem falar do centro da cidade.

Tempo de viagem:

  • Colônia – Cochem: 2h15 de trem ou 1h24 min de carro
  • Dusseldorf – Cochem: 2h25 de trem ou 1h44 min de carro

9- Aachen, uma das capitais do reinado de Carlos Magno

vista da catedral de aachen

Capital do Sacro Império Romano-Germânico no Século VIII, Aachen é uma das cidades mais históricas da Alemanha, abriga uma das fábricas de chocolate mais deliciosas por aquelas bandas e ainda possui uma tríplice fronteira que une Alemanha, Bélgica e Holanda em um morro só. Motivos para ir a Aachen não faltam, mas se quiser se inspirar com mais razões e imagens, olha só o que listamos de mais legal na cidade.

Tempo de viagem:

  • Colônia – Aachen: 1h29 de trem ou 1h de carro
  • Dusseldorf – Aachen: 2h15 de trem ou 1h06 de carro

10- Münster: a vibe estudantil em uma cidade tradicional

calçadão e centro antigo da cidade de münster

Münster é uma cidade estudantil que tem mais bicicletas que carros. Já fomos pra lá duas vezes visitar amigos que estudavam na cidade. Além das festas, conhecemos o Dom (catedral) da cidade, o centro histórico, o lago Aasee e comemos em um restaurante italiano fora de série.

Tempo de viagem:

  • Colônia – Münster: 1h40 de trem ou 1h44 min de carro
  • Dusseldorf – Münster: 1h15 de trem ou 1h28 min de carro

11- O charme da antiga capital Bonn

https://www.instagram.com/p/BEmYBNLoRvf/?utm_source=ig_share_sheet&igshid=1mig74i8s0kpn

Já estivemos lá várias vezes, mas foi minha mãe quem escreveu um post sobre um bate-volta em Bonn. Quando ela nos visitou por aqui, resolveu aproveitar um dia em que estávamos no trabalho para conhecer a casa de Beethoven na antiga capital alemã.

E ainda tem um bônus: na época em que as cerejeiras florescem, todo mundo visita a Heerstraße para ver a rua “coberta” com um telhado de flores rosas.

Tempo de viagem:

  • Colônia – Bonn: 20 min de trem ou 32 min de carro
  • Dusseldorf – Bonn: 57 min de trem ou 58 min de carro

12- Veja o conto de fadas que é Monschau

vista da fachadas de prédios tradicionais em Monschau

Crédito: Pixabay

Sabe aquelas cidades que estão sempre tão perto e que você acaba sempre deixando pra conhecer da próxima vez? Pois é, Monschau ainda não entrou pra nossa lista de lugares visitados, mas queremos conhecer de uma vez por todas. Depois de tantos amigos irem para lá e contarem como é linda, temos que tirar da lista em 2019.

A cidade é daquelas que você conhece em meio dia. Lá, o período mais popular é quando começa a nevar, mas como o centro antigo é muito bonito com a arquitetura alemã tradicional e montanhas ao fundo, dá pra ir e se maravilhar em qualquer época.

E, ah… o canal que passa entre as casas pode congelar no inverno!

Tempo de viagem:

  • Colônia – Monschau: 1h20 de trem ou 2h18 de carro
  • Dusseldorf – Monschau: 2h45 de trem ou 1h50 de carro

13- Königswinter e seu castelo cravado na montanha

https://www.instagram.com/p/BLY4Ik4hMp2/?utm_source=ig_share_sheet&igshid=b9iha7qvumct

Existem duas coisas principais para ver de perto em Königswinter: as ruínas de Drachenfells e o castelo de Drachenburg, ambos no alto de um morro, com vistas fantásticas para o rio Reno. Existem duas formas de chegar no castelo, mas a mais confortável é pegar um funicular no pé da montanha e ir sentadinho lá pra cima. Os mais bravos, porém, podem fazer uma trilha cansativa, íngreme e matadora de panturrilhas, mas que se paga no final por conta das paisagens com vista para o castelo e o rio em diversos momentos.

Tempo de viagem:

  • Colônia – Königswinter: 53 min de trem ou 32 min de carro
  • Dusseldorf – Königswinter: 1h41 de trem ou 1h de carro

Faça um bate-volta pra Holanda

A Holanda tem muitos lugares próximos de Dusseldorf e Colônia, alguns deles ainda não visitados pela gente. Abaixo, listamos três opções que cabem num bate-volta – uma delas com um pouco mais de esforço.

14- O esforço extra para ver a capital Amsterdã 

canais de amsterda ideias de bate volta holanda

Se você estiver em Dusseldorf ou Colônia e ainda não conhecer Amsterdã, acho que vale colocar a capital da Holanda nos planos, mesmo que ao final acabe não sendo um bate-volta. Amsterdã dispensa apresentações, mas numa visita rapidinha, vale a pena focar nas coisas externas para ter uma noção melhor da cidade.

Tempo de viagem:

  • Colônia – Amsterdã: 2h44 de trem ou 2h37 de carro
  • Dusseldorf – Amsterdã: 2h15 de trem ou 2h20 de carro

15- Passe um dia em Venlo

Calçadão no centro da cidade de Vemlo

Crédito da foto vai pra minha mãe, que esteve lá com minha avó.

Estivemos em Venlo duas vezes, uma só de passagem enquanto esperávamos um trem pra Amsterdã e outra justamente em um bate-volta. A cidade é basicamente um exemplar de uma cidade de médio tamanho na Holanda: tem um prédio bonito que abriga a Stadhuis (prefeitura), comércio em ruas só para pedestres e uma igreja imponente, neste caso a Sint Martinuskerk.

Tempo de viagem:

  • Colônia – Venlo: 1h30 de trem ou 1h de carro
  • Dusseldorf – Venlo: 1h07 de trem ou 45 min de carro

16- Conheça a romântica Maastricht

maastricht centro antigo da cidade

Maastricht já apareceu aqui no Viagem 0800 no nosso post sobre destinos românticos na Europa. Nós já estivemos na cidade em um bate-volta de um dia saindo de Dusseldorf e também em uma viagem da empresa. Assim como em outras cidades holandesas, o centro não possui apenas um calçadão, mas várias ruas só para pedestres recheadas de restaurantes, cafés e comércio que abre aos domingos (coisa rara no lado alemão da fronteira :p ).

Tempo de viagem:

  • Colônia – Maastricht: 2h23 de trem ou 1h15 de carro
  • Dusseldorf – Maastricht: 2h29 de trem ou 1h15 de carro

17- Não perca a cidade mais antiga: Nijmegen

estacao de trem da cidade holandesa de nijmeguen

Nijmegen – tente pronunciar mais ou menos assim: Naimêguem – é a cidade mais antiga da Holanda e uma ótima opção de bate-volta de Dusseldorf ou Colônia. Como é uma cidade pequenina, dá pra ver bastante coisa em um dia só.

Tempo de viagem:

  • Colônia – Nijmegen: 2h03 de trem ou 1h40 de carro
  • Dusseldorf – Nijmegen: 1h34 min de trem ou 1h22 min de carro

Faça um bate-volta pra Bélgica

Existem diversas cidades que seriam ótimas para conhecer em apenas um dia na Bélgica, mas o problema é que saindo de Dusseldorf ou Colônia, já fica mais pesado ir e voltar num mesmo dia de lugares como Antuérpia, Bruges e Ghent. Portanto, a nossa dica principal na terra do waffle é a capital.

18- Veja o que Bruxelas tem de melhor

entrada do museu parlamentarium em bruxelas

Bruxelas é a capital da Bélgica e também um dos principais centros da União Europeia, abrigando o Parlamento Europeu e ainda um museu muito inusitado, o Parlamentarium, que apesar de ser um museu e ter política como principal assunto, é muito interessante e interativo.

Quando estiver por lá, não deixe de conhecer o Delirium Café, que apesar do nome, é especializado em oferecer muitas opções de cerveja.

Tempo de viagem:

  • Colônia – Bruxelas: 2h de trem ou 2h17 de carro
  • Dusseldorf – Bruxelas: 2h28 de trem ou 2h12 de carro

Conheça a Rotada Cerveja na Europa

Ideias de bate-volta mais intensos

Agora, se você não se importa em levantar mais cedo e voltar bem tarde, existem outros destinos para um bate-volta mais puxado, mas não menos interessante. Vale a pena dependendo do grupo com o qual você estiver viajando.

Hoje em dia, não faria esses rolês com meus pais ou avós por serem muito cansativos, mas se o seu pessoal aguentar o ritmo frenético, vale a ideia. Olha só:

19- Trier: a cidade mais antiga da Alemanha

https://www.instagram.com/p/whuemxIRjk/?utm_source=ig_share_sheet&igshid=17k1kwy9gozw8

Perto da fronteira com Luxemburgo, cortada pelo rio Mosel, terra natal de Karl Marx e a cidade mais antiga da Alemanha, Trier é o pacote completo em um bate-volta.

O passado romano ainda está presente por lá: o anfiteatro romano – mais humilde, mas com o mesmo propósito do coliseu de Roma – é uma atração que não se pode perder.

Tempo de viagem:

  • Colônia – Trier: 2h37 de trem ou 2h de carro
  • Dusseldorf – Trier: 3h de trem ou 2h20 de carro

20- Ghent, pra beber muita cerveja belga

Ghent, Gent ou Gante (escolha ou seu jeito preferido) também é um destino romântico na Europa, mas seu charme não é o único motivo para conhecer essa cidade que tem mais cerveja e bicicleta por aí do que carros. Além de lindos canais cujas beiradas servem como arquibancadas para turistas, estudantes e casais assistirem aos passeios de barco, a cidade ainda tem o castelo de Gravensteen, que vale a visita.

Tempo de viagem:

  • Colônia – Ghent: 2h45 de trem ou 2h38 min de carro
  • Dusseldorf – Ghent: 3h04 min de trem ou 2h34 min de carro

21- Bruges: a cidade belga com ar francês

Bruges tem um ar francês, mas por lá prefere-se uma boa cerveja belga ao vinho. O destino, que é conhecido como a Veneza do norte, tem um centro histórico considerado patrimônio da Unesco. Bruges vale a visita para conhecer a Catedral de São Salvador, os portões medievais que antigamente cercavam a cidade e também o Beer Wall, além de uma cervejaria que possui um cervejoduto!

Mas para combater essa cerveja toda que entra no organismo, certifique-se de escolher um bom restaurante para acompanhar à degustação.

Tempo de viagem:

  • Colônia – Bruges: 3h06 de trem ou 3h07 de carro
  • Dusseldorf – Bruges: 3h32 de trem ou 2h56 de carro

E você, tem outras ideias legais de bate-volta perto de Dusseldorf e Colônia? Gostou do artigo? Conta pra gente nos comentários!

Rota inusitada na Europa: 7 cidades incríveis que você nunca ouviu falar

Você Também Pode Se Interessar Por:

2 Comentários
  1. Gabriela

    Adorei as dicas, pessoal! Me deu vontade de voltar pra Monschau e de conhecer Xanten!!

    Responder
Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.