Ônibus pela Europa: saiba como viajar

Por Tatiana Olegario

Tatiana Olegario é jornalista e apaixonada por viagens. Em 2011, largou tudo no Brasil, foi realizar o sonho de conhecer um pouco mais do mundo e acabou na Alemanha. Por lá, descobriu que viajar pode ser muito mais simples, barato e desafiador do que pensava. Foi aí que nasceu o Viagem 0800.

Normalmente, quando se pensa em uma viagem pela Europa, logo nos vêm a mente os modernos e rápidos trens. O que pouca gente sabe é que existe uma maneira muito mais barata de viajar pelo velho continente: o ônibus!

Os preços são extremamente convidativos e o serviço, nem se fala! Os europeus ainda não estão muito acostumados com esse tipo de viagem… especialmente porque consideram a viagem muito longa e cansativa… Mas quem já viajou de busão no Brasil, vai se sentir no paraíso andando na frota europeia.

rua de varsovia durante o dia

Os ônibus são muito modernos e confortáveis. O banco reclina e o espaço entre as poltronas é bem decente. Isso sem falar nas estradas! Sem buracos, muito bem sinalizada e geralmente com, no mínimo, pista dupla.

E como os países na Europa são pequenos para padrões brasileiros, você consegue viajar de um país a outro em algumas horas.

Indo a Curitiba? Veja 5 lugares para conhecer com a Linha Turismo

Além disso, a maioria das empresas de ônibus oferece internet gratuita durante todo o percurso… O que faz o tempo passar ainda mais rápido!

O sistema é bem diferente do Brasil. Aqui você não reserva as poltronas e precisa escolher assim que entrar no ônibus. Além disso, se a viagem for longa, o motorista precisa fazer uma parada obrigatória por lei.

E durante essa parada, todo mundo deve descer do busão, que será trancado e só será aberto depois da pausa do motorista!

Só consigo apontar dois probleminhas…

  1.  o banheiro… Ele fica descendo as escadas no meio das poltronas. E é SUPER minúsculo e o teto é inclinado!!!! As meninas sofrem até para fazer o aviãozinho e os meninos provavelmente fazem xixi batendo a testa no teto/parede.
  2. O banco do fundão é muito convidativo se você estiver viajando com um grupo…. Mas as poltronas não reclinam muito e acabam ficando bem desconfortáveis.

Afivele o cinto e boa viagem!

Você Também Pode Se Interessar Por:

2 Comentários
  1. Roseviagem

    Para mim o pior é não ter assento marcado. Já tive que chegar com 3 horas de antecedência para ter certeza de embarcar e teve gente que ficou mesmo com passagem na mão. Nesse ponto poderiam se modernizar um pouco, mas o conforto é incomparável (depois que conseguimos embarcar,kk).
    Parabéns pela matéria, muito instrutiva.

    Responder
    • Tatiana Olegario

      É verdade, Rose! É muito complicado o fato de não ter como reservar o assento… a gente sempre tenta chegar uns 15 minutos antes do embarque… mas mesmo assim, algumas vezes já tem um monte de gente esperando.
      Mas quando o trecho não é muito concorrido ou não é perto de feriado ou coisa do tipo, acho que as coisas tendem a ser mais calmas! 😀

      Obrigada por tudo!
      Amamos ler seus comentários!

      Responder
Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.