Molle Antonelliana: conheça o prédio mais alto de Turim

Por Daniel Courtouke

Jornalista formado e jogador de futebol frustrado, Daniel Courtouke dá seus pitacos e dicas no Viagem 0800 sobre as viagens que fez. Como bom pão duro que é, procura sempre mostrar os atalhos mais econômicos das viagens que faz.

Se você vai passar um ou mais dias em Turim, na Itália, não pode deixar de conhecer a Molle Antonelliana, o maior prédio da cidade, que além de ser um edifício histórico, ainda possui uma vista panorâmica sem igual.

molle antonelliana turim torre

A Molle é uma antiga sinagoga que foi transformada em várias coisas. Uma das atrações principais é a plataforma de observação da cidade, que fica a 167 metros de altura e já foi o edifício mais alto da Europa.

molle antonelliana turim

Para chegar lá em cima, é preciso pegar um elevador panorâmico que está suspenso dentro do edifício.

Só essa subida já é uma experiência muito legal, pois o elevador é uma caixa suspensa em um ambiente vazio e um pouco escuro, que ainda passa dentro da segunda atração do lugar, o museu do cinema.

Ou seja, você sobe meio que flutuando em um elevador todo de vidro sem nada em volta!

molle-antonelliana-turim-vista

Chegando no topo, os turistas têm uma vista 360° da cidade, com suas igrejas e prédios históricos de um lado e com montanhas e muito verde ao fundo.

Ainda não se convenceu? Olha só essa vista:

molle antonelliana turim vista cidade

Como falei no spoiler acima, o elevador panorâmico passa pelo museu nacional do cinema, que a gente acabou não visitando mas parece ser uma experiência legal também.


Mais da Itália?

Quanto tempo é preciso pra conhecer o Vaticano?

Roteiro para Roma sem Vaticano


Já no térreo fica uma versão miniatura do Eataly, que é uma espécie de ode à Itália em formato de Mercado Municipal.

Pra colocar a coisa em contexto, é um mercado de coisas italianas – macarrão, queijo, salame, etc – com restaurantes e aulas de culinária em um lugar só.

Essa versão do Eataly no Molle de Turim é bem pequena, mas possui um mini mercado e também um pequeno restaurante. Em outro post a gente conta mais sobre as versões maiores do Eataly em São Paulo e Milão.

molle antonelliana turim torre

Na frente da torre está um calçadão cheio de bares e restaurantes. O clima da região é bem boêmio e eu arriscaria dizer que não há como errar se você escolher comer por ali.

A nossa escolha foi o MB Bistrô, que ao entardecer serve aperitivos somente. Lá, comemos queijos e salame em uma apresentação muito diferente.

molle antonelliana turim restaurante

O queijo de cabra era coberto de nozes moídas e mel, enquanto que em um outro prato experimentamos ricota com melancia e um toque de azeite de oliva e limão.

Parece bem gourmet e inusitado, mas tudo saiu bem em conta e saboroso. Vale a dica.

Quando ir?

Minha sugestão seria aparecer por lá mais para o final da tarde, porque você pode observar a cidade lá de cima ainda durante o dia, curtir o pôr do sol e ver como fica tudo com as luzes acesas.

E, de quebra, você pode emendar algum restaurante na saída.

Quanto custa?

Só a subida na plataforma custa 7 Euros.

Tem fila?

Quando fomos, encaramos quase uma hora de fila do lado de fora e mais uns 15 minutos depois de comprar os bilhetes. Como é um elevador só, mais ou menos 10 pessoas sobem por vez.

Como chegar?

O endereço é Via Montebello, 20.

Existem 4 estações de ônibus e metrô nas proximidades, mas a mais próxima de lá é a Palazzo Nuovo.

Você Também Pode Se Interessar Por:

0 comentários
Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.