Como visitar as Cataratas em Foz do Iguaçu

foto mostra turista tirando fotos de frente para as cataratas do iguacu em foz do iguacu no parana

As Cataratas do Iguaçu são uma das 7 novas maravilhas da natureza e é possível conhecer as quedas d’água dos dois lados, o brasileiro e o argentino. Pra quem está hospedado em Foz do Iguaçu, no Paraná, o mais conveniente é visitar o lado do Brasil mesmo.

Quer saber como?

Este post que preparamos explica as melhores maneiras de ir pra lá, o que levar e ainda garante que se você ainda não estiver 100% convencido, as nossas fotos vão se encarregar de fazer com que você compre sua passagem amanhã!

Quando ir

cataratas do iguacu vistas bem de perto do lado brasileiro

Basicamente o ano inteiro. Não existe um período oficial de seca nessa região do sul, mas obviamente se for um ano muito ruim em termos de chuva, você pode ver menos água nas Cataratas. Via de regra, porém, o período mais cheio é de Outubro a Março.

Aliás, vale lembrar que o parque abre em todos os dias do ano.

Como chegar às Cataratas

vista das quedas d'água das cataratas do iguacu

A entrada do Parque Nacional do Iguaçu para ver as quedas d`água do lado brasileiro fica bem pertinho do aeroporto de Foz do Iguaçu e um pouco afastada do centro de Foz.

Existem diversas maneiras de chegar lá.

Carro

Se você alugar um carro no aeroporto para andar pela cidade e ter uma viagem mais independente, sem precisar pegar táxis e ônibus de turismo, uma boa ideia seria já aproveitar a chegada do voo – se for de manhã, é claro – e ir direto pro parque.

São apenas 3 km do Aeroporto até o parque – que tem lugar para estacionar, diga-se de passagem. O trajeto são duas linhas retas em cinco minutos. Fácil, fácil. Né?

O estacionamento oficial do parque custa R$ 21.

Ônibus

A linha 120 passa no centro da cidade e para no parque. O melhor ponto de referência para pegar o ônibus é o Terminal de Transporte Urbano. A passagem custa 3 reais.

Táxi

Em torno de 60 reais do centro da cidade, mas rola um desconto se combinar a volta também.

Ônibus de turismo

Diversas empresas de turismo oferecem passeios diários para as Cataratas do lado brasileiro e argentino, além de Itaipu. Em quase todos os hotéis você vai encontrar um quiosque de agentes de viagem e pode se informar sobre os preços.

Mais do Paraná: O passeio imperdível da Linha Turismo de Curitiba!

Você pode combinar as duas cataratas com o marco das três fronteiras, por exemplo, ou fazer o lado brasileiro e Itaipu no mesmo dia.

No entanto, fique atento aos valores, pois nem sempre os passeios incluem a entrada para os parques.

Dica esperta

vista das cataratas do iguacu de cima

Entre as opções acima, você escolhe a que mais se encaixa no perfil da sua viagem, mas sempre leve em conta o balanço entre economia e tempo, pois fazer o passeio com os ônibus de linha da cidade pode economizar – e muito – no transporte, mas você fica mais dependente de horários e atrasos e pode acabar fazendo menos coisas em um dia do que gostaria.

Além disso, na dúvida entre táxi e passeio com ônibus de turismo, a conta é geralmente favorável para os táxis se você estiver em um grupo de 3 ou 4 pessoas. Alguns carros da frota também acomodam 7 pessoas (6 passageiros).

Quanto custa a entrada?

Brasileiros pagam R$ 38 para entrar no parque, um pouco mais em conta que pessoas de outros países do Mercosul e que estrangeiros de países fora do bloco. Além disso, quem é de Foz de Iguaçu e região tem direito ao Passe Comunidade e paga só R$ 12.

O site do parque sempre mantém uma tabela com os valores mais atualizados. Quem quiser evitar fila no dia da visita, pode comprar os bilhetes antecipadamente no site.

Quanto tempo ficar?

cataratas do iguacu vistas d longe, com as passarelas de observação ao fundo

O parque fica aberto todos os dias das 9h às 17h, então mais do que isso não dá pra ficar. Mas existe um desconto se você fizer o parque dois dias seguidos.

Na minha opinião, você precisa de um dia inteiro – ou pelo menos reservar o dia só pra esse passeio – principalmente se fizer o Macuco Safári.

O que é o Macuco Safári

O Macuco Safári é um passeio de barco que te leva pra bem pertinho das cataratas e ainda te garante uma ducha em algumas quedas d’água mais humildes que a Garganta do Diabo.

tatiana olegario no primeiro plano com as cataratas do iguacu no segundo plano
O Macuco Safári te leva pra bem perto das grandes quedas e entra debaixo de cachoeiras menores, mais ou menos do tamanho dessas aí atrás da Tati 🙂

Vale muito a pena pra sentir a energia e a força da água, além de ter uma vista privilegiada das Cataratas e ainda fazer um dos únicos passeios de barco em dois países ao mesmo tempo do mundo (a divisa oficial entre Brasil e Argentina fica na metade do Rio Iguaçu).

O que levar

pessoa caminha sobre uma das passarelas de observacao nas cataratas do iguacu
N° 1: capa de chuva!

Em qualquer plataforma de observação, você vai se molhar um pouco, pois a força da água é algo absurdo. Portanto, sempre se lembre de uma capa de chuva ou uma jaqueta à prova d’água.

Isso é algo que eu não dei muita bola antes de ir e acabei tendo que passar metade do dia parcialmente molhado e com uma blusa da Tati!

homem de moletom azul no primeiro plano e as cataratas do iguacu em segundo
Olha só eu aí, usando uma blusa três vezes menor que a minha porque não levei uma roupa pra trocar.

Além disso, leve água para se manter hidratado. Existem restaurantes e lanchonetes no parque, mas sempre é bom levar algo pra beliscar!

Só uma coisa: cuidado com os quatis! Eles tentam pegar comida que está à vista e fuçam em sacolas e bolsas abertas. Uma galera ainda fica dando comida pra eles em busca de fotos fofinhas, mas não faça o mesmo, pois vai estar atrapalhando o habitat natural deles e prejudicando a dieta dos bichinhos.

quati tenta entrar em uma bolsa vermelha para procurar comida em foz do iguacu
No detalhe, o quati fazendo uma busca na bolsa da moça.

Se você fizer o Macuco Safári, lembre-se também de levar uma troca de roupa ou de levar sunga ou biquíni se estiver calor, além de uma toalha para se secar bem. É possível deixar coisas de valor e que não podem molhar em um armário antes do passeio de barco por R$ 10.

Outra sugestão é levar uma capinha à prova d’água para o seu celular e tentar embrulhar sua câmera para protegê-la da água da cachoeira.

De resto, é só carregar a bateria do celular e da câmera e aproveitar a visita a um dos lugares mais bonitos do mundo! Boa viagem!

O que não pode faltar na sua bagagem de mão

6 dicas para economizar na sua próxima viagem

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui